Psicodália: O encontro de gerações da música brasileira

Com Ney Matogrosso, Erasmo Carlos e Sá & Guarabyra entre as atrações principais, a vigésima edição do festival mantém o perfil multicultural oferecendo também oficinas, teatro, cinema, aventura e recreação

Eliel Cezar em 14 de Fevereiro de 2017

Um verdadeiro encontro de gerações da música brasileira acontecerá no próximo Carnaval, quando começar o vigésimo Psicodália, que acontece de 24 de fevereiro a 1 de março de 2017, na Fazenda Evaristo, no município de Rio Negrinho, em Santa Catarina. A edição comemorativa terá Ney Matogrosso, Erasmo Carlos e Sá & Garabyra, três dos maiores nomes da produção nacional celebrando o festival com artistas de diferentes nichos.

Em duas performances o encontro será no mesmo palco: as curitibanas Trombone de Frutas e Central Sistema de Som terão participações especiais de Di Mello e Gerson King Combo, respectivamente. Nomes de longas carreiras que terão a chance de mostrar as suas composições ao lado de jovens músicos.

Entre as atrações musicais confirmadas estão Casa das Máquinas, Cálix, Céu, Liniker e os Caramelos, Recordando o Vale das Maçãs, Cátia de França, Perotá Chingó, Metá Metá, Relespública, Bernardo Bravo, Iconili, Ian Ramil, Black Papa, Confraria da Costa, Orquestra Friorenta, Los Pirañas, Cadillac Dinossauros, Kingargoolas, Centro da Terra, Itaércio Rocha e Cabruêra. Uma criteriosa seleção musical para celebrar a diversidade da música brasileira.

Segundo Alexandre Osiecki, fundador do Psicodália, neste ano, a escolha dos artistas convida o público para uma festa mais dançante e ritmada. “A realidade é que esta edição não será somente comemorativa, ela será histórica também. Muitos grupos que irão se apresentar tiveram seus discos lançados em 2016, premiados ou citados em listas especializadas, e estão com o show em cima, passando por um ótimo momento”, garante.

Divididos nos palcos "Lunar", "Solar" e "Guerreiros", os artistas mostram seus trabalhos para um público tradicionalmente atento e interessado. Além dos palcos principais, o evento também conta com o "Palco de Dentro", onde artistas e bandas se revezam em um ambiente mais intimista. “A intenção é dar espaço para a arte autoral e promover o encontro entre pessoas que buscam uma alternativa diferente para o Carnaval”, pontua Alexandre.

Realizado desde 2001, o festival vive um crescimento vertiginoso, passando por diferentes cidades sedes até se estabelecer na atual Rio Negrinho. “Esse ano, reuniremos mais de 6 mil pessoas na Fazenda Evaristo. No começo não tínhamos ideia de que a coisa poderia crescer e se consolidar, mas já sonhávamos em trazer e realizar shows dos nossos artistas preferidos e, em 2003, quando conseguimos levar o Blindagem para o festival, vimos que era possível”, lembra o fundador.

Ao todo serão mais de 50 atrações musicais, além de oficinas, workshops, teatro, cinema e muitas práticas recreativas, para crianças e adultos, somando mais de 200 atividades culturais. “As pessoas vão ao Psicodália também pelo encontro, acampamento, saúde, ecologia, sustentabilidade e filosofia”, diz Osiecki.

Em 2017, o maior público da história do Psicodália poderá, mais uma vez, compartilhar a aventura de descobrir novos sons e reviver a força de clássicos do cancioneiro brasileiro.

“A música e as artes em geral são linguagens sem barreiras. A arte feita com coração é sempre bem recebida e tem o poder de transformar, de embelezar, de fazer evoluir”, finaliza Alexandre Osiecki.

Crianças no Psicodália

Ano após ano aumenta o número de crianças presentes no Psicodália, que retribui a confiança dos pais oferecendo cada vez mais atividades recreativas e de formação para os pequenos.

O Espaço Kids terá oficinas de construção de brinquedos, vivência teatral, história da arte e contação de histórias. O projeto “Materdália”, interligado ao Espaço Kids, atende crianças de até cinco anos e seus responsáveis, que necessitam de recursos especiais para os cuidados do infante. Além da estrutura, o espaço promove o “Diálogos Materdália,” em que rodas de conversa irão explorar diversos temas, como parto, pedagogia Waldorf e a importância da música no desenvolvimento infantil.

Com cerca de 500 mil m² de área verde, a Fazenda Evaristo receberá toda uma estrutura de reforço para sediar a vigésima edição do Psicodália, que conta com portaria, estacionamento, bares, praça de alimentação e ambulatório 24 horas. O festival terá ainda minimercado, feirinha, bazares e cinco grandes áreas de camping arborizadas, equipadas com banheiros, iluminação, limpeza e segurança.

Para ficar por dentro de todos os detalhes do evento, basta acompanhar a página do Psicodália no Facebook e o site oficial.

Serviço

  • Psicodália 2017
  • Quando: 24/02 a 01/03/2017 
  • Onde: Fazenda Evaristo, em Rio Negrinho (SC)
  • Informações: www.psicodalia.com.br

Comente!

Estudo descobre efeito inesperado provocado por cogumelo havaiano
A resposta inteligente e bem humorada da cantora surpreendeu Bial
Earthspace irá lançar o seu primeiro álbum "As Above, So Below" no dia 22 de maio, pela gravadora sul-africana Nano Records. Confira o bate-papo com o produtor brasileiro Matheus Nogueira, o criador deste grande projeto de Psychedelic Trance e saiba mais!
Universo Paralello, o melhor festival do Brasil e um dos maiores do mundo anunciou a primeira fase de artistas que irão fazer parte da sua 14° edição. Os nomes incluem os melhores projetos do Trance nacional e internacional.
DJ traz diversas referências de seus sets com muita música boa!

psicodelia_org

Instagram: @psicodelia_org