Warm Up Psicodelia - 10 anos Open Air

Confira o line up e todas as atrações do aniversário de 10 anos do cogumelo

Eliel Cezar em 16 de Novembro de 2016

O Psicodelia completa 10 anos de vida em 2017 e, por isso, a partir do dia 26 de Novembro daremos início a uma série de eventos para comemorar essa data tão especial junto do nosso público querido. O evento será 100% Open Air, com decoração e tenda psicodélicas em um lugar incrível na cidade de Piraquara, região metropolitana de Curitiba. 

A combinação é simples: Festa Open Air + Natureza + Amigos + Sound System de Primeira + Video Mapping + Decoração Psicodélica.

O line up foi pensado com todo carinho, valorizando a cena local e trazendo alguns dos melhores DJs de Full On, Prog e Dark da cidade. No bar, bebidas a preços justos e rodadas de geladinho de catuaba e caipirinha para espantar o calor!

 

Pintura Corporal - Tinta Flúor

Na entrada da festa, o público será convidado a fazer parte da nossa decoração psicodélica através de pinturas corporais com tinta fluor.

 

Video Mapping

Como boa parte da festa acontecerá durante a noite, convidamos para o nosso time o VJ Bang!, que ficará responsável pelas projeções psicodélicas em nosso palco usando video mapping

 

Line Up

Faltou tempo no line up com tanta gente boa que gostaríamos de chamar! Procuramos montar nosso line up todo o carinho e, se dependesse de nós, faríamos uma festa de 48 horas para abrrir espaço para todos. Ainda assim, ficamos felizes com o resultado e temos certeza que estamos chamando alguns dos melhores nomes da cena curitiba, confira:

 

Titicow

Natural de Curitiba, Titicow tem envolvimento com a música eletrônica desde 1996 quando começou a participar do início da cena trance no Brasil. Em 2002 começou suas próprias mixagens, sua linha de som varia do Progressivo ao Fullon. Atualmente participa da crew do festival Terra Azul. Com experiência de sobra em suas mixagens variadas, tem sensibilidade para sentir e tocar o que a pista precisa a cada momento.

 

Jhou Haller

Jhou se define como um verdadeiro colecionador de música. Com diversas influências na bagagem, conheceu o Psytrance em 2003 e desde então vem ampliando suas pesquisas e explorando novas ambiências em DJ sets consistentes e energéticos. Já passou pelas principais festas e festivais do sul do Brasil como: Progressive, Psilocybin, Antahkarana, Natureza Digital, Vollmond, Origens, Tempo é Arte e Revolution, além de uma participação marcante no réveillon 2014/15 no Festival Terra em Transe na Bahia.

Em 2011 iniciou o festival Terra Azul, festival de arte e cultura alternativa quem vem se destacando no sul do Brasil como um festival ético que valoriza a arte e a cultura alternativa de maneira séria e responsável, além da cooperação em outros eventos parceiros.

 

Brum!

O representante do Dark em nossa festa: depois de conhecer eventos e lugares diferentes, identificou na discotecagem o caminho ideal para permanecer conectado ao universo psiodélico. Seguindo nas vertentes do DarkPsy, formado pela Yellow DJ Academy de Curitiba, BRUM! busca uma atmosfera obscura, proporcionando uma viagem psicodélica eletrizante.

Proprietário das páginas Festivais & Psicodelia, Fritos da Depressão e borapsicodelizar?, o artista destaca-se por conhecer com profundidade as necessidades de seu público, transportando para a pista aquilo que ela mais deseja ouvir.
 

 

Ricardo Grilo

Ricardo Grilo começou sua carreira em 2006, tocando em bares e festas de amigos. Buscando aprimorar suas técnicas de mixagem formou-se na Yellow. Seus set´s passeam do Full-on Morning ao full-on Groove sempre com basslines marcantes e melodias envolventes levando o Público a uma viagem Músical

Ele é Idealizador do Núcleo 4:20Music e integrante da equipe da Progressive. Com o passar dos anos vem colecionando apresentações ao lado de grandes nomes da cena nacional e mundial.

 

Psapo

Rodrigo Schultz, a.k.a. DJ PSAPO é mais um dos grandes nomes precursores da música eletrônica no Paraná, tendo sua história na cena começando lá no início dos anos 90. A experimentação de sons e melodias veio primeiro, enquanto começou a ser DJ, descobrindo um pouco mais tarde o Psytrance, estilo que nunca mais largou.

Se você esteve em coma nos últimos 20 anos e não conhece o som dele, dá um play aqui: 

 

Captain Babilones

Capitain Babilones é o projeto fundado por Patrick Machado Sansao. Aos 16 anos Patrick teve seus primeiros contatos com a música eletrônica indo em pequenas PVT e festivais encontrando ali a sua paixão pelo Trance. Formado pela escola DJBAN em São Paulo, Patrick vem explorando o universo do Psytrance seguindo as linhas do Progressive ao Full-on. Seus sets trazem combinações com elementos e batidas inexplicáveis tendo uma performance única.

Patrick é organizador e idealizador da crew Tribe OM que realiza eventos como a Comunidade Trance Ohm, Tribe Om, Spirit Cosmic, Darkana e Aoca Trance, mantendo amizades e parcerias com grandes nomes da cena atual que incentivam seu trabalho. Conheça o som dele!

 

Peter Filter

Pedro Ivo Galdino, conhecido na cena psicodélica como Peter Filter, sempre teve afinidade com música e paixão pela música eletrônica. Trabalhou como locutor, sonoplasta, produtor de áudio e DJ em emissoras de rádio (como a Rádio Transamérica de Curitiba, a partir do ano de 2001 até hoje) e em inúmeros eventos. O resultado da paixão pelo segmento underground eletrônico culminou no esforço sincero de seguir os caminhos da profissionalização.

A partir de 2014, passou a estudar o universo da discotecagem, formando-se DJ Performer pela reconhecida e conceituada Yellow DJ Academy de Curitiba. Logo, Peter Filter passou a pertencer ao ambiente da forte cena psicodélica curitibana.

 

Yakuza Project

Apaixonados por música eletrônica desde 2005, Douglas Oyamaguchi e Rodrigo Hayashi aprofundaram seus conhecimentos nas CDJ’s e passaram a tocar nas festas de Curitiba e região em projetos solo. Em meados de 2011, se uniram e deram inicio ao projeto YAKUZA, que desde então tem deixado a sua marca por onde passa com sets que sempre dão novas perspectivas a pista.

A dupla tem como vertente e inspiração o Psychedelic Trance, mas atualmente acrescentam ao line uma linha dançante e ao mesmo tempo viajante de Progressive, procurando fazer mixagens simples e limpas de forma que as músicas sejam as protagonistas do set. Para isso, escolhem cada música a dedo antes de cada evento. Já os sets de full on morning ficam para eventos especiais onde adotam uma linha “old school” para todos reviverem momentos de muita psicodelia e alegria na pista.
Ao longo da carreira, além de se apresentaram em vários eventos no Paraná e Santa Catarina, já tiveram o prazer de dividir o palco com nomes como Major 7/X-Noize, Wrecked Machines, Ultravoice, Vegas, Dala, Victor Ruiz e outros.

 

Psycodelizart

Vencedor do nosso concurso e responsável por abrir nossa festa, Douglas Mallon se apaixonou pela música eletrônica no começo de 2012, em club's de house, e em pouco tempo já descobriu o trance. Desde então sua vida mudou, passou a ouvir muito da música e frenquentar PVTs de trance e festivais e se encantou com o que viu dentro dessas festas.

"A cultura trance pra mim se resume nas palavras amor, gratidão, e aprendizado, sem dúvidas.... pois foi lá onde aprendi o verdadeiro valor das coisas"

 

Saiba Mais

Comente!

Um relato baseado em fatos reais
Plataforma realiza mudanças radicais em sua estrutura para se manter viva
Entenda porque 2017 será lembrado pela derrubada de barreiras à pesquisa e ao uso terapêutico de drogas psicoativas como ayahuasca, LSD e ecstasy
Saiba tudo sobre a festa, confira nossa playlist e descubra a importância de uma das primeiras labels de Psytrance
Conheça um pouco do som que rolava nas festas israelenses há mais de 20 anos

psicodelia_org

Instagram: @psicodelia_org