Perfil: Wrecked Machines

em 24 de Julho de 2008

De líder de banda de punk rock, Gabriel Serrasqueiro, ou simplesmente Gabe, tornou-se um dos DJ´s de Psy brasileiros mais conhecidos no mundo. Atualmente à frente do projeto Wrecked Machines, Gabe teve seu primeiro contato com a música eletrônica em 2000, quando iniciou uma carreira que rapidamente alcançou projeção internacional.

Tendo como estilo predominante o full on, o Wrecked Machines utiliza elementos de progressive e outras vertentes nas suas produções. O primeiro álbum, Blink, lançado em 2003, foi feito com muitas horas de trabalho e poucos recursos técnicos. A repercussão foi tão boa que no mesmo ano o Wrecked Machines foi convidado a participar de inúmeros festivais internacionais. Em 2005, já pela gravadora Spun Records, lançou o álbum Second Thought, que conta com parcerias com grandes nomes do trance e, em 2006, lançou seu terceiro CD, Wreck Chords. Gabe já tocou e gravou com nomes como Pixel, Psysex, Shanti, Dimitri Nakov e Atomic Pulse. Mas, sua parceria mais conhecida é, com toda certeza, o projeto Growling Machines, junto com o GMS.

Como boa parte dos DJ's top, Gabe é criticado pelo certo teor comercial de suas músicas. Em entrevistas polêmicas, já declarou considerar que muito do que é produzido em house e electrohouse é mais psicodélico que o som que ele produz. Disse ainda que queria abrir seu leque de opções em termos de estilos, pois gosta bastante de outras vertentes, como electro e house. O problema para fazer isso, segundo ele, seria a falta de tempo para produzir novos sons, justamente pela intensa participação em festas. Claro que esses comentários renderam falas exaltadas de uma parte do público na época. E teve até quem criticasse o cara, mas ao mesmo tempo afirmasse que não via a hora de ver uma apresentação do Growling Machines.

Críticas à parte, o fato é que Gabe já foi eleito o melhor Live Act e o melhor produtor de trance do Brasil e tem um número imenso de fãs em todo o mundo. Faixas como Enjoy the Silence (do Wrecked Machines), Rounders (hit do Growling Machines) e We will never die (que você confere no vídeo acima) viraram uma espécie de ícone e já são figurinha carimbada em inúmeras festas. São, inclusive, tocadas nas formas e locais mais inesperados possíveis.

Comente!

Próximos Festivais

Kaballah Summer

26/01/2019

Florianópolis - Santa Catarina

Afrodite O movimento da Deusa

11/05/2019

Curitiba - Paraná

Playground Curitiba

07/12/2019

Curitiba - Paraná

Assine Nossa Newsletter