Uma união inusitada e curiosa que deu muito certo

Nova collab de Vegas e Tijah une o melódico Progressive Trance com a robustez do Progressive Dark
Publicado em 22/02/2021 - Por Cleber Macêdo

por Cleber R. Macêdo |  @cleber.rmacedo |  @psycleber

O ano de 2021 começou com uma grande notícia: vem aí uma collab audaciosa e que vai unir diversas tribos do cenário da música eletrônica. As lendas Vegas e Tijah, um do Progressive Trance e outro do Progressive Dark, prometem surpreender o público com um trabalho totalmente único e envolvente. 

Com lançamento marcado para o dia 26 de fevereiro, Quebra Queixo é o novo trabalho do joinvillense Paulo Vilela, aka Vegas, e do mineiro Juliano Bcheche, aka Tijah. O primeiro é conhecido pelo seu som melódico e único, enquanto que o segundo trabalha com um som bem robusto, que não deixa ninguém parado. Com características diferentes, os dois possuem algo em comum que é muito visível: o envolvimento com a pista.  

Vegas comenta que a ideia de produzir Quebra Queixo já vem de tempos. Após um trabalho entre ele e Tijah, a ideia foi criando raízes, mas ficou engavetada. “A track não foi finalizada e acabou ficando desatualizada. Apesar de ter ficado muito boa, ficou muito Prog Dark e talvez eu não conseguiria tocar no meu live”, explicou.  

Durante o período de quarentena a ideia voltou a ser debatida pelos dois, iniciando novo engajamento, mas com uma proposta diferente. Aí nasceu essa mistura de elementos do Prog Dark de Tijah com a marca registrada de Vegas. “Tem elementos ácidos e energéticos, com muita musicalidade. Essa track é uma mistura de opostos, né? O Vegas com seus elementos característicos e Tijah preenchendo com elementos mais dark techno e com quebradas de bateria”, frisou Tijah.  

Combinação inusitada 

Além de Vegas e Tijah, Quebra Queixo traz a presença do rico trabalho do VJ Vacão, considerado um dos melhores do país na área. “Será uma collab bem bacana, são artistas musicais com talento de sobra. Achei um desafio muito legal poder fazer esse audiovisual, fazer uma conexão entre as duas vertentes e mesclar a psicodelia entre dois mundos no mesmo projeto”, citou Vacão. 

Todos sabemos que a arte é sempre uma incógnita, mas o resultado final desta produção agradou os artistas.

“Isso é o mais importante, a ideia era fazer um experimento musical nesta mistura inesperada de estilos. O Juliano é um experiente produtor e com muita criatividade do prog dark, fica muito claro na obra as partes que ele produziu e a parte que eu produzi”, falou Vegas. 

Uma vez produzido o material, a construção do quebra-cabeça foi natural. As transições mais pesadas de Tijah com a melodia de Vegas deixaram um som híbrido, dançante e contagiante. 

O que esperar dessa combinação? 

Inserindo aquele detalhe imprescindível, a masterização da track ficou por conta do já conhecido Bonnen Nadav, aka Major7.

“A ideia é explorar o inesperado, pois a track já é algo inesperado. O material gráfico e motion design vão ser a cereja do bolo deste trabalho”, ressaltou Vegas. 

Para Vacão, o conceito se resume em inovação e união. “Podem esperar uma conexão inédita, uma junção de vários universos num mesmo videoclipe e com a qualidade de áudio e visual marcante!”, completou.

 

Receba nosso conteúdo
direto no seu email

Cadastre seu email e receba toda semana nossos conteúdos e promoções! É grátis!

1
    1
    Sua cesta
    Caneca Mandala - Nº5
    1 X R$24,90 = R$24,90