Blitz pesada na chegada para o Burning Man 2018

Pente fino da polícia provocou reclamação dos organizadores

Eliel Cezar em 27 de Agosto de 2018

Burning Man 2018

Ao contrário do que muita gente pensa, não é só no Brasil que as autoridades implicam com festivais underground. Nesse final de semana quem teve problemas com a polícia foi, acreditem, o Buning Man, que começou nesse sábado, 25.

Segundo comunicado da própria organização, a a fiscalização pegou pesado nas rodovias que dão acesso a Black Rock City. A ação policial teria realizado buscas intensivas com cães farejadores e tudo mais. Segundo os realizadores do evento, isso prejudicou o festival, causando atrasos e congestionamentos.

Em nota no Burning Man Journal, os organizadores alegam que essas paradas de trânsito causaram atrasos em suas operações, prejudicando a  infraestrutura e logística da montagem da festa. Reboques e caminhões teriam sido descarregados e revistados por agentes da BIA, deixando os motoristas para recarregar os veículos liberados na beira da estrada. Imagine esvaziar um trailer com mantimentos para uma semana no deserto e re-empacotar tudo de novo…

Além da busca por drogas, os burners teriam sido parados por infrações de trânsito, como dirigir por cima do limite de velocidade, não parar antes da linha em um sinal, verificações de placa e checagem de faróis. O Burning Man classificou a ação como “inconstitucional e agressiva”, já que diversos voluntários teriam afirmado não ter violado nenhuma lei antes de serem detidos e revistados.

“Dado o grande número de indivíduos que relataram ter sido interrompidos quando não estavam violando nenhuma lei, acreditamos que essas táticas são excessivamente agressivas, inconstitucionais, desnecessárias e inaceitáveis”, complementou a organização do Burning Man em sua nota.

 

--

Via Phouse

Comente!

Confira os detalhes do lançamento e o conceito por trás da produção
Novo sistema de identificação de músicas pode ajudar usuários a monetizar suas contas
Edição acontece em comemoração aos 50 anos de festival
Evento retorna depois de 10 anos ausente
Conheça um pouco da história de Michael Wesley, o nome por trás do projeto Rastafire

Próximos Festivais

Mundo de Oz 10 Anos - Oficial

26/04/2019

Lagoinha - São Paulo

E-Trip Festival - New Year #5

Mairiporã - São Paulo

Adhana Festival 2018

Rio Negrinho - Santa Catarina

Assine Nossa Newsletter