Entrevista: Mental Broadcast

Publicado em 04/11/2014 - Por Marina Tavares

Marina – Quando foi o seu primeiro contato com a música eletrônica?

Mental Broadcast – O meu primeiro contato com a música eletrônica foi nos anos 80, quando comecei a frequentar as festinhas de domingo à tarde, no clube da minha cidade. Eu acho que tocava Erasure, Depeche Mode, e a Pop Music da época.

 

Marina – Como foi o início da sua carreira?

Mental Broadcast – Eu comecei a tocar com treze anos, nas festinhas de domingo no Clube do Comércio, na minha cidade, Itaqui, no interior do Rio Grande do Sul. Aos quatorze anos, eu consegui um trabalho não remunerado na Rádio Pitangueira FM, a rádio da cidade, foi por curiosidade, aprendi bastante sobre mixagens, depois sai da rádio, e perdi o interesse por tocar… Somente fui sentir vontade de tocar novamente, quando me mudei para Londres, em 2001, e comecei a frequentar as festas inglesas Undergrounds.

 

Marina – Quando você tomou a decisão de se tornar produtor? 

Mental Broadcast – Foi em 2004, quando ainda morava em Londres, por curiosidade. 

 

Marina – Quem foram as suas influências?

Mental Broadcast – Eu tive muitas influências… No início, eu fui inspirado por artistas ingleses Undergrounds, como: Alex E.V.P e DJ Beardy. Logo após, eu comecei a curtir mais o Groove sul-africano, tais como: Rinkadink, Broken Toy, The Commercial Hippies, Headroom… E também teve a época que eu curti Wrecked Machines, aqui no Brasil; e Pixel e Domestic, de Israel. Eu sempre procurei tirar coisas que gostava, de cada projeto que me tocava de alguma forma.

 

Marina – Quais são os seus três albúns favoritos de todos os tempos?

Mental Broadcast – Jimmy Hendrix “The Experience”

Pink Floyd “The Dark Side of the Moon”

Nirvana “Nevermind”

 

Marina – Como surgiu o Mental Broadcast?

Mental Broadcast – O Mental Broadcast surgiu da necessidade de me expressar, chegou um determinado momento, que eu pegava as músicas, e tinha uma parte delas que não me agradava, e pensava que poderia ser diferente… Uma coisa chata era ficar pedindo músicas para os artistas, eu nunca curti fazer isso, e me sentia super mau, mas naquela época, não tinha o Beatport, então era preciso comprar os CD’s que saíam, caríssimos, e demoravam para chegar, a música já era praticamente velha quando chegava, e todos outros DJ’s já tinham (risos). O projeto veio também da necessidade de viver da música, eu pensei que poderia vender melhor um live do que um DJ set, e foi o que aconteceu, então resolvi fazer as minhas próprias músicas, como achava que deveria ser (risos).

Marina – Fale-me um pouco sobre o Subverso.

Mental Broadcast – O Subverso foi algo que eu resolvi fazer, depois de escutar músicas de artistas, tais como: E-Clip, Egorythmia, Symbolic, Zentura… Eu curti tanto, que resolvi fazer algumas músicas por diversão, que chamaram atenção das gravadoras Sourcecode Transmissions e Iono Music, então resolvi levar um pouco mais a sério.

Marina – Como surgiu essa parceria com Marco Element e o Dropped?

Mental Broadcast – Eu conheci o Marco em uma festa que ele fez, em Curitiba, chamada “Brazuca”. Nós conhecemos lá, e simpatizei com ele de saída, além de ser um cara super profissional, ele é um cara divertido, e estava super por dentro do Progressive Trance… Eu fiquei admirado, começamos a nós falar com mais frequência, sobre maneiras de evoluir profissionalmente e musicalmente, então foi um processo natural, convidei ele para fazermos um som, e de repente, já estava rolando o projeto.

Marina – Como foi tocar no Universo Paralello 12?

Mental Broadcast – Foi bem legal, uma das melhores edições que participei, realmente me impressionou a dedicação e organização dessa galera, espero que continue evoluindo assim, e nos trazendo toda essa experiência incrível, que é o Universo Paralelo! Eu fiquei muito feliz em tocar duas vezes, com o Dropped e Mental Broadcast.

Marina – Como foi tocar na 15° edição do Samsara Festival?

Mental Broadcast – O Samsara é outro festival que impressiona, pela organização e evolução da produção do evento. Este ano, a decoração estava incrível, a galera também pisa forte, e passa uma sensação incrível ao DJ! Eu só tenho a agradecer as oportunidades que rolaram este ano!

Marina – Quais são as novidades em relação a turnês e lançamentos?

Mental Broadcast – Eu tenho três projetos, então nunca é fácil, sempre tem um projeto precisando de música, a correria é grande, mas sou super devagar, resolvi curtir a minha vida fora do estúdio nos últimos anos, e tem sido bem tranquilo.

A galera pode aguardar um EP do MB em colaboração com Twelve Sessions, que irá ser lançado pela gravadora Austríaca 24/7; outro EP do Mental Broadcast e Spinal Fusion, um artista novo da Índia, ainda sem gravadora certa para sair. Também tenho outro EP de remixes da música com o Faders “Psychedelic Experiences”, que promete muito, nós já temos dois artistas de peso, dispostos a remixarem está música. Eu tenho mais duas músicas com o Technology, projeto de Porto Alegre, que estão ficando legais, uma sai mês que vem em uma compilação do DJ indiano Nishan, da Digital Om Recs; a outra no álbum do Technology, acho que em 2015.

Sobre o Subverso, eu tenho uma música pronta com o Vegas, que estamos procurando onde lançar.

O Dropped tem cinco músicas prontas para lançamento, estamos finalizando os detalhes com as gravadoras, enfim, não para, a galera pode esperar vários lançamentos.

Sobre turnês, irá rolar uma internacional, em maio de 2015. Eu irei tocar em um super festival no México, que não posso dizer o nome, talvez apareça mais algumas datas por lá… Em 2015 eu penso em fazer a minha quarta turnê pela Europa, estou em contato com organizadores de festivais como “Summer Never Ends”, na Suíça. Eu espero que dê tudo certo!

 

Marina – Você gostaria de deixar um recado para os seus fãs?

Mental Broadcast – Eu acredito que os fãs são tudo para um artista, sem eles não existiria nenhum dos meus projetos, devo tudo a vocês, e tudo que faço é para vocês! Eu gostaria de agradecer a todos que curtem os meus projetos, e me apoiam de alguma maneira, muito obrigado, amo os meus fãs, e espero agradar cada vez mais, essa galera que me proporciona força e energia para seguir em frente.

Conheça mais sobre o artista:

https://www.facebook.com/mentalbroadcastofficial

http://www.soundcloud.com/mentalbroadcast

https://www.facebook.com/subversomusic

https://soundcloud.com/subverso

https://www.facebook.com/droppedmusic

https://soundcloud.com/droppedmusic

 

[products limit="8" orderby="rand" order="rand"]