Até que a grama vire lama

Confira uma galeria de fotos com muita gente feliz... na lama!

Eliel Cezar em 07 de Janeiro de 2013

No mundo da música eletrônica, as festas open air são uma atração à parte. A possibilidade de passar horas em um local distante, a céu aberto, pisando na grama e ouvindo seu DJ preferido é certamente um dos fatores que fez com que muita gente se apaixonasse pelo mundo da música eletrônica.

Mas é claro, nem tudo são flores. Eventos desse tipo são planejados com meses de antecedência e, por isso mesmo, torna-se impossível prever com certeza como estará o tempo no dia festa. Sem aviso prévio, o céu pode escurecer e a chuva pode tomar conta de tudo.

E quando isso acontece, não há nada o que possa ser feito, senão aproveitar a oportunidade para lavar a alma, sujar a roupa e dançar "até que a grama vire lama". Por isso, em homenagem a essa galera que não foge por qualquer chuvinha, separamos uma galeria de imagens só com gente curtindo na lama, como se não houvesse amanhã.

 

 

 

--

Gostou? Então veja mais fotos no nosso álbum no Facebook.

 

Comente!

Evento ocorre no Complexo Music Park com mais de 30 atrações e volta do palco dedicado ao Psytrance
Organização reforça o conceito por trás do festival em mensagem à sua comunidade
A compilação conta com grandes nomes, tais como: Eat Static, Ajja & Tristan, e muito mais!!!
O ícone do psytrance está de volta a Curitiba!
Uma entrevista que fiz com Sator Arepo durante sua passagem pelo Universo Paralello Festival 14. / An interview I made with Sator Arepo during his passage through Universo Paralello Festival 14.