Coletivos de Brasília se unem para ajudar DJ com câncer

A DJ Daianne Monteiro precisa passar por tratamento intensivo contra um câncer grave de colo do útero

Eliel Cezar em 30 de Janeiro de 2019

Conhecida no cenário brasiliense, a DJ Daianne Monteiro, 33 anos, descobriu recentemente que está com câncer de colo do útero em estágio 3 (de um máximo de quatro estágios). Seu diagnóstico comoveu a cena eletrônica da capital federal, ao ponto de, por iniciativa de amigos, chegar à realização de uma festa feita para angariar fundos para o seu tratamento médico. #DAIANOTHERDAY foi o nome dado a festa que será realizada em Brasília, neste sábado, 2 de fevereiro, para arrecadar fundos para o tratamento dessa forte mulher apaixonada pela vida e pelo techno.

“Não esperava essa festa. A ideia partiu de amigos próximos para arrecadar fundos e ajudar na vaquinha, que também não foi ideia minha. Como estou me dedicando exclusivamente a essa terapia curativa, não estou trabalhando”, conta Dai.

“Há sempre a idéia errônea de que uma doença como essa está distante da nossa realidade. Mesmo com cuidados básicos ligados à saúde feminina, não estive imune de desenvolver um tumor, então, o que reforço é que devemos nos atentar a todos os sinais que nosso corpo nos dá. Não deixar para amanhã a resolução de algo que nos incomoda. Cuidar também da mente e do nosso campo energético. São essas as nossas barreiras de proteção.”

Para derrotar o câncer, Dai precisa fazer um tratamento de quimioterapia e radioterapia intensivos, por cerca de seis meses, além de seguir em avaliação regular por mais sete anos. Para tanto, precisa de um valor estimado em mais de 29 mil reais — cota que já atingiu 86% de preenchimento em campanha de financiamento coletivo pela Vakinha, organizada previamente por amigos. Os lucros com a festa virão para complementar esse valor.

No total, 14 coletivos se uniram a causa, entre eles, Universo Paralello Festival, My House, e M.A.N.A.S, o qual Dai faz parte. “Me sinto muito grata e lisonjeada. Minha situação é complicada, mas sei que tem muita gente passando por situações piores. Vejo isso todo dia indo ao hospital para fazer a radioterapia e quimio. Só posso me sentir grata por ter sido escolhida para estar no centro desta rede de apoio”, explica.

Com todo esse processo, Dai Monteiro enxerga a oportunidade de se falar sobre a importância do cuidado físico, mas, principalmente, emocional e energético. “Não sou desleixada com a minha saúde, mas muitas vezes deixamos passar muita coisa no campo emotivo”, revela. Em um mundo acelerado, onde estamos mergulhados em muito trabalho, prazos e mil urgências, menos a nossa saúde, não damos atenção aos sinais do nosso corpo. Na música eletrônica, onde o “lifestyle” exige dos profissionais dedicação intensa, horários insanos e pouca pausa para descanso, é muito fácil deixar passar os sintomas de que algo não vai bem.

“No fim, só o que resta somos nós mesmos, somos uma casca. Essa casca tem que ser bem cuidada, física, emocional e energeticamente. Tenho aprendido com isso, a duras penas claro, e é o que tem me mantido na sobriedade do tratamento. Enquanto a gente tem vida, temos que lutar por ela. Uma doença grave como essa nos mostra que temos que lutar e valorizar a nossa vida, as coisas pequenas e grandes. Deixar a vida mais fluida, aproveitar mais a companhia das pessoas ao seu redor, aproveitar mais a sua companhia. Tudo é psicossomático,  nosso corpo é uma extensão, então as coisas se manifestam aqui, mas elas começam em outro lugar primeiro. Temos que cuidar de todos esses lugares”, finaliza.
 

A festa será no espaço Sub Dulcina, a partir das 22h30. Via Sympla, os ingressos estão disponíveis no segundo lote, por R$ 25,00. Você pode conferir mais informações aqui.

-

Via Phouse e Housemag

Comente!

Um dos principais eventos de Psytrance do Brasil completa 6 anos, saiba mais
Conheça a história do casal de uma das fotos mais famosas do século XX
Confira o que tem de novo no programa de produção e edição de áudio mais popular entre 10 a cada 10 DJs
A DJ Daianne Monteiro precisa passar por tratamento intensivo contra um câncer grave de colo do útero
Evento faz parte da turnê de 15 anos da marca

Próximos Festivais

Trance In Hogwarts

13/04/2019

Guarulhos - São Paulo

Atlantic

06/04/2019

Mairiporã - São Paulo

Psygroove

28/04/2019

Piraquara - Paraná

Assine Nossa Newsletter