Quem é: Yakuza Project

Conheça o projeto que vem se destacando na cena curitibana

Victor Taurum em 02 de Outubro de 2018

yakuza project

Frequentadores de eventos de música eletrônica desde 2004 e atuando como DJs desde 2010 , é difícil resumir em uma frase curta que transpareça de forma notória a capacidade da dupla Douglas Oyamaguchi e Rodrigo Hayashi de criarem apresentações consistentes, que sempre resultam em sets dançantes e energéticos no Yakuza Project

Contadores de histórias lisérgicas, municiados de uma bagagem musical diversificada e um pacto com a facilidade de assimilar a necessidade energeticamente positiva de um mainfloor, assim é o Yakuza Project, projeto que vêm satisfazendo os ouvidos de um público sedento por música eletrônica de qualidade e apaixonado pelo Progressive Psytrance. 

A cada passo dado pela dupla, percebemos a hegemonia oriental acerca de seu constante desenvolvimento técnico e de repertórios extensos somados ao ecletismo brasileiro que possibilita trazer a mescla de outras culturas sem que haja a banalização da musicalidade em uma visão geral, formando conexões perfeitas entre o Psytrance, o Rock e outras vertentes sem distinção, trazendo riqueza sonora e uma experiência única a cada apresentação. 

Divididos entre uma opinião crítica negativa e positiva sobre a cena eletrônica atual, acreditam que o ambiente eletrônico nacional ainda têm muito à evoluir no que diz respeito à extinção de melodias nos projetos de novos produtores, à educação do público quanto ao respeito com a natureza e também quanto à valorização do artista que trabalha como DJ set, por se tratarem de pessoas que pesquisam muito e ajudam na divulgação de trabalhos dos produtores. Ainda assim acreditam também que a cena está crescendo de uma forma positiva, dando espaço a novos produtores nacionais competentes e com um público eclético para todas as vertentes. 

O próximo feito da dupla será dar início aos trabalhos de produzirem suas próprias músicas, visando aumentar a probabilidade de tocar em eventos como Universo Paralello ou até mesmo outras celebrações no Japão, ao lado dos artistas que servem de referência para o Yakuza Project como Phaxe, Querox, Ghost Rider, Monod e outros.

Atualmente, são residentes do Psicodelia.org e Forest in Trance, desde então, a dupla está virando referência na região, solidificando sua carreira e agradando os novos e velhos fãs de Psy Trance.

 

Acompanhe o Projeto:

Comente!

Evento voltado para as vertentes mais aceleradas e noturnas do Psy Trance chega à sua segunda edição
Conheça o trabalho de pirofagia de Eduardo Sanches
A festa Perfect Line aconteceu nesse sábado (10)
Confira os detalhes do lançamento e o conceito por trás da produção
Já estão abertas as vendas para a edição de 5 anos do Pulsar

Próximos Festivais

Insônia no Mundo Mágico

08/12/2018

- Rio de Janeiro

Mundo Psicodélico Festival - 2018

08/12/2018

São Paulo - São Paulo

E-Trip Festival - New Year #5

Mairiporã - São Paulo

Assine Nossa Newsletter