Terra em Transe Festival

Fique por dentro do que rolou na segunda edição do Terra em Transe Festival, em Ilha dos Garcez, na paradisíaca Bahia. Confira o relato da escritora Marina Tavares; entrevistas com Anoebis, um dos maiores representantes do Goa Trance mundial; Marios, veterano do Psychedelic Trance; o projeto brasuca Eclipse Echoes; e o duo de Dark Progressive chamado Alchemy Circle. Junto a grandes colaborações, trazendo belas fotos, e vídeos eletrizantes!

Marina Tavares em 24 de Janeiro de 2015

Foto: Pratima 

Aconteceu entre os dias 29 de dezembro e 03 de janeiro, o Terra em Transe Festival, na Praia dos Garcez, Bahia. O festival chegou à sua segunda edição, que foi maravilhosa!

Foto: Pratima

Foto: Pratima

Foto: Pratima

A razão pela qual escolhi conhecer e passar a virada do ano no festival, foi a localização que eu tanto amo, a Bahia! E também pelo line up, que foi eletrizante! Com direito a muitas manhãs de Goa Trance!!!

Foto: Pratima

Foto: Pratima

Foto: Pratima

O lugar escolhido foi paradisíaco, a bela praia foi o ambiente propício para entrar em contato com a natureza... E mais uma vez, a Bahia foi a melhor pedida para a virada do ano! A Ilha dos Garcez é maravilhosa, com pessoas simples, e uma natureza exuberante!

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Foto: Pratima

Foto: Pratima

Foto: Pratima

Foto: Pratima

Foto: Pratima

Foi incrível começar os meus dias com longas caminhadas, olhando para a água, com os peixinhos acompanhando os meus pés... Foi realmente adorável!!!  

Foto: Arnaldo Dantas

As belas manhãs, além do visual perfeito, foram um presente para os fãs do Goa Trance! Que é uma das minhas vertentes favoritas! E às vezes, difícil de encontrar em festivais, ou, quando se encontra, são apenas poucas horas... Eu não dançava tanto Goa assim desde o Universo Paralello! Nada como acordar cedo, com o sol da Bahia, e ouvir aquele som incrível, que mexe tanto comigo, proporcionando muitos sentimentos! 

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

O responsável por abrir as manhãs douradas de Goa foi o brasileiro Pedroka, com o seu projeto GOAstral.

Foto: Atilla Veras Fotografia

O grande nome da manhã dourada, sem dúvida, foi Anoebis, responsável pela Suntrip Records. O belga tocou um set explêndido, de duas horas, proporcionando uma longa e deliciosa viagem musical, mostrando o porque ele é um dos melhores representantes do Goa Trance mundial! Anoebis tocou grandes hits, como ‘Trip Tonight’ do Etnica, e ‘I am Feeling Very Weird’ do lendário The Infinity Project. A sua música e boa energia criaram um dos melhores momentos do festival! O carismático Joske, além de contagiar todos com a sua energia no palco, também teve muitos momentos de diversão, dançando Goa Trance na pista!

Confira a entrevista que tive o prazer de fazer com Joske Vraken, falando sobre o seu amor pelo Goa, o seu projeto Anoebis, e sua gravadora, a Suntrip Records. A entrevista está no final do review, nos links relacionados. 

Foto: Atilla Veras Fotografia

Além do set perfeito que rolou por duas horas, no dia seguinte, Anoebis tocou novamente, dessa vez um super versus com DJ Inê, a rainha do Goa Trance no Brasil! Eles mostraram uma química perfeita no palco, proporcionando ao público uma longa e maravilhosa jornada, criada pela bela e melódica música!

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Eu confesso que, dentre todas as vertentes, o Goa Trance foi uma das mais recentes que conheci, e que conseguiu conquistar um lugar muito especial em meu coração, dividindo o meu amor na música eletrônica, que sempre foi pelo Psychedelic Trance... Eu acredito que o Goa ainda irá me proporcionar muito momentos mágicos!

Foto: Pratima

As manhãs douradas de Goa Trance foram maravilhosas! Consegui alcançar a verdadeira meditação através da música... E acredito que eu não fui a única, todos os presentes naquele momento, se desligaram da realidade por várias horas, e sentiram a verdadeira alegria, que somente o Goa pode proporcionar!

Foto: Atilla Veras Fotografia

Foto: Atilla Veras Fotografia

Foto: Pratima

Foto: Pratima

Foto: Arnaldo Dantas

Um projeto de Goa Trance que gostaria de ter conferido é o alemão Aodioiboa... Eu estive presente em sua apresentação há um ano, no Universo Paralello, que foi um dos melhores momentos do festival! Pelo menos, eu tive o gostinho de vê-lo tocar no Chill Out do Terra em Transe... A sua apresentação foi muito legal!!!

Um destaque nas manhãs douradas de Goa foi o Psychowave, um dos melhores produtores do país!

Após dançar manhãs de Goa, nada como dar um mergulho, recuperando as energias! 

Foto: Lucas Chaves Fotografia

As tardes foram recheadas de Dark Progressive, com o fim de tarde Zenonesque, contando com grandes nomes da gravadora Zenon Records, que é pioneira no gênero. Foi uma mistura muito gostosa, o pôr de sol e a música! 

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

O primeiro som que dancei no festival foi do representante no Brasil da Zenon, o mestre Fabio Leal. O dj tocou um set de respeito!

Foto: Arnaldo Dantas

O set de Fabio foi seguido por um dos destaques do festival, que foi o Hellquist! 

Foto: Atilla Veras Fotografia

Confira o vídeo cedido pelo próprio Hellquist!

Vídeo: Hellquist

O festival teve direito a dobradinha do som do sueco, com outro super versus que aconteceu, que foi Hellquist vs Phalcom.  

Um projeto de Dark Progressive que chamou atenção foi o duo brasileiro Alchemy Circle. Confira a entrevista sobre o projeto, que fiz com um dos integrantes, Ciro Mendes, na coluna de entrevistas.

O grande nome do festival foi Ralph K. Freund, mais conhecido como Braincell! O suíço foi escolhido para tocar na virada com o projeto Rastaliens, ao lado de Juergen Kassel. Não poderia haver melhor escolha! Além dessa super responsabilidade, que foi tocar na virada do ano, Ralph se apresentou mais três vezes. Ele tocou o seu projeto principal Braincell, o projeto Solar Spectrum, e uma deliciosa surpresa, que foi uma das melhores do festival!

Vídeo: Junior Gomes

O Terra em Transe foi o palco escolhido para a estréia do novo projeto de Ralph, chamado The Rave Commission. Esse foi o melhor projeto e momento do festival!

Foto: Pratima 

Eu pude sentir no som, o toque de cada um dos oito integrantes do projeto, o grego Martian Arts, o mexicano Tron, o inglês KIM, o americano Poli, e os brasileiros Twelve Sessions e Earthspace. Enquanto Ralph tocava, portais se abriam em minha mente... Eu entrei totalmente em transe, sentindo o que procurava, após rodar tantos quilômetros, saindo de Minas Gerais... E acredito que, o que senti é o que os verdadeiros amantes do trance procuram, quando vão em festivais, que é entrar em transe com o som! Em todos os momentos, eu não consegui abrir os olhos, foi uma viagem tão gostosa, que, quando o set terminou, foi difícil voltar para a realidade!

Foto: Flávio Morais

O som de Ralph é realmente inspirador! O projeto The Rave Commission é demais! TRC é uma ótima ideia, e espero um dia poder curtir o projeto tocando com todos os seus integrantes, que são grandes produtores do Psychedelic Trance mundial!

As noites foram recheadas de Psychedelic Trance, Full On, e Dark! Com certeza, o line up foi um dos pontos altos do festival! Em todos os momentos, o público estava curtindo o som! No festival tocou somente música de qualidade!!!

Axel Diplock foi mais um grande destaque, agitando as noites tocando ambos projetos, E.V.P. e RealityGrid!

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Confira um pouco da energia de Axel, no vídeo cedido pelo talentoso Lucas Chaves.

Vídeo: Lucas Chaves Fotografia e Video

Outro nome que agitou a noite do festival foi Marios! O grego eletrizou todos na pista! Confira a entrevista que fiz com o veterano do trance, o link está no final do review.

Entre os projetos brasileiros que chamaram atenção, destaque para o produtor Bruno Sobreira, criador do Eclipse Echoes. Eu tive um bate papo com ele, confira nos links relacionados.

Falando dos nomes nacionais, eu curti muito o projeto Allientech! Foi hiptonizante, tanto pelo som, quanto pela super apresentação que foi criada!

Um ótimo projeto que se apresentou foi o Misticin! O carioca toca um progressivo muito diferente, uma total mistura de sons, realmente difícil de explicar...

Foto: Atilla Veras Fotografia

Confira um pouco da sua apresentação no video abaixo, cedido gentilmente por UP Audiovisual.

Vídeo: UP Audiovisual

Destaque para Via Axis, um dos melhores produtores do Brasil! Confira o vídeo cedido pelo próprio produtor, o talentoso Rafael Corrales. 

Vídeo: Via Axis

Entre os brasuca, grande destaque para Nazca, Kratom, Divinori, Phalcom, Humildes, Tom S, Woodstech, Kadum, Muribi, Jepher, Bhargo, Luca, Trindade, Cigarra, e muitos outros... Todos eles mostraram que o Brasil tem muitos projetos de qualidade!  

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Foto: Atilla Veras Fotografia

Foto: Atilla Veras Fotografia

Foto: Atilla Veras Fotografia

Foto: Atilla Veras Fotografia

Confira os vídeos das apresentações dos projetos nacionais Bhargo, Trindade, e Muribi, cedidos pelo talentoso UP Audiovisual.

Vídeo: UP Audiovisual

Vídeo: UP Audiovisual

Vídeo: UP Audiovisual

Uma apresentação transcental que rolou foi o projeto francês Matibhrama! Confira o belo registro, gravado na abertura do Terra em Transe, por UP Audiovisual.

Vídeo: UP Audiovisual 

A melhor surpresa do festival foi conhecer o som do francês Meerkut! Eu me apaixonei por suas batidas, fortes e eletrizantes! Eu ainda estou totalmente viciada em sua música!  

O público foi Underground, proporcionando uma energia gostosa ao festival. Todos estavam bem à vontade, passando vibrações positivas... O Terra em Transe mostrou respeito às diferenças e à natureza! Eu gostei muito de uma placa, que estava perto do camping, que dizia: “Pense no coletivo”... Isso resumiu o festival! O tempo todo, os presentes estavam sorridentes, e muito gentis, sempre dispostos a ajudar uns aos outros... Seja para atravessar uma ponte, ou qualquer outra situação... Eu me senti muito bem no festival, o Terra em Transe emanava boas sintonias!  

Foto: Atilla Veras Fotografia

Foto: Atilla Veras Fotografia

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Foto: Pratima

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Foto: Arnaldo Dantas

Foto: Pratima

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Foto: Arnaldo Dantas

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Foto: Flávio Morais

Foto: Arnaldo Dantas

Vídeo: Duane Carvalho

A decoração foi maravilhosa! O festival contou com uma bio-construção visionária... Uma vila construída com muita criatividade para o público! 

Foto: Pratima

Foto: Pratima

Foto: Flávio Morais

Foto: Atilla Veras Fotografia

Foto: Flávio Morais

Foto: Pratima

O palco ganhava vida a noite, com luzes e projeções psicodélicas!

Foto: Pratima 

Foto: Pratima

Os artistas circenses encheram os dias de alegria, mostrando o seu talento e carisma!

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

As noites eram repletas de mistério e psicodelia, com apresentações especiais de pirofagia! 

Foto: Pratima

Todos os dias o sol brilhou na Bahia, esbanjando alegria!

Foto: Arnaldo Dantas

A felicidade foi completa com o Zim!

Foto: Atilla Veras Fotografia

Uma tarde recheada de Zim, é capaz de fazer não somente a alegria dos adultos, mas também, de um público muito especial, a nova geração do Trance... Os seres de pureza do festival!

Foto: Atilla Veras Fotografia

Um lugar que gostei muito foi o Chill Out! Nesse ambiente, eu tive conversas gostosas, tirei sonecas durante à tarde... O Chill Out contava com muita sombra, coisa que vale ouro nas tardes ensolaradas da Bahia... Além do aconchego, o Chill Out contou com grandes talentos!

Um dos maiores destaques foi o som ambiente tocado pelo sérvio Lyctum. Foi a trilha sonora perfeita no dia 1°, enquanto muitos ainda encontravam-se completamente cansados, por causa da divertida virada do ano, como foi o meu caso... Tudo o que eu mais queria, era relaxar no aconchegante ambiente.

Como de costume, eu acampei perto do Chill Out... E mais uma vez, durante todo o tempo, eu ouvi somente música de qualidade! Lá tocou muito Rock N’ Roll! O som de algumas bandas antigas, que eu costumava ouvir, e às vezes, ainda ouço... Bandas especiais em minha história!

O músico Thiago Pinheiro junto ao poeta Alika Finotti foram destaques no Chill Out, finalizando a última noite do festival. Hora de dizer adeus....

O Terra em Transe Festival foi uma experiência muito rica, com ótimas energias, pessoas maravilhosas, um lugar incrível! Valeu a pena viajar tantas horas, sair de Minas Gerais, e transcender no solo sagrado, que é a pista de dança!

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Foi maravilhoso conhecer aquele cantinho da Bahia, e sentir a sua energia única... Eu conheci tantas pessoas incríveis, que irei levar para sempre! Eu também revi amigos verdadeiros, pessoas pelas quais tenho um carinho imenso! Valeu a pena, mais uma vez, passar a virada de ano na Bahia! A Bahia realmente é mãe! Eu fiquei muito feliz com essa escolha!

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

Agradecimentos a Danilo Nazca, Rafael Lisboa, Inê Goa Trance, e todos os envolvidos... Parabéns a equipe Soonnonmoon, o festival foi demais! Esses cinco dias superaram as minhas expectativas! Eu voltei muito feliz, e ainda estou em pleno estado de alegria, com todas as lembranças que trouxe comigo...

Eu não poderia pensar em uma forma melhor de recarregar as energias, começando o ano totalmente em conexão com a mãe natureza, a música, e o meu eu interior! A meditação através da música é incrível! Com certeza, a melhor forma e mais verdadeira de entrar completamente em transe!  

Foto: Lucas Chaves Fotografia e Video

 

Texto e entrevistas:

 

Marina Tavares

https://www.facebook.com/marinatavaresdealmeida

https://soundcloud.com/maritavares-1

https://twitter.com/_marinatavares_

https://plus.google.com/+MarinaTavaresdeAlmeida

http://instagram.com/marinatavares86

 

Fotos e vídeos:

 

Arnaldo Dantas

https://www.facebook.com/ArnaldoDantasFotos

 

Atilla Veras Fotografia

https://www.facebook.com/atillaverasfotografia

 

Duane Carvalho

https://www.facebook.com/duanee.carvalho

 

Flávio Morais

https://www.facebook.com/flavioapu

 

Hellquist

https://www.facebook.com/HellquistMusic

https://soundcloud.com/hellquist

http://www.mixcloud.com/Hellquist/

https://www.youtube.com/user/hellquistens

 

Lucas Chaves

https://www.facebook.com/lucaschavesfotoevideo

https://www.youtube.com/user/lucaschavespn

https://www.flickr.com/photos/lucaschaves

 

Junior Gomes

https://www.facebook.com/junior.gomes.7543

 

Pratima

https://www.facebook.com/pratimaphotography

 

Up Audiovisual

https://www.facebook.com/Upteamvideo

https://www.youtube.com/user/upteamvideobr

 

Via Axis

https://www.facebook.com/viaaxis

https://soundcloud.com/viaaxis

http://www.sangomarecords.com/via-axis

 

Comente!

A compilação conta com grandes nomes, tais como: Eat Static, Ajja & Tristan, e muito mais!!!
Uma entrevista que fiz com Sator Arepo durante sua passagem pelo Universo Paralello Festival 14. / An interview I made with Sator Arepo during his passage through Universo Paralello Festival 14.
Em novo espaço, o festival de música eletrônica da Chapada Diamantina aguarda 1,5 mil pessoas em Piatã (BA), próximo ao pico mais alto do Nordeste, entre 2 e 11 de janeiro
O ícone do psytrance está de volta a Curitiba!
Evento ocorre no Complexo Music Park com mais de 30 atrações e volta do palco dedicado ao Psytrance