Os 10 anos do Club Vibe

Publicado em 05/12/2011 - Por Mohamad Hajar

Nesta sexta-feira Curitiba receberá uma festa que deve entrar para a história da cena eletrônica do sul do país. Além de ser a primeira vez em 20 anos de carreira que The Prodigy irá se apresentar na região, é também a comemoração de 10 anos do Club Vibe, o mais tradicional que ainda está em atividades. Você, leitor, provavelmente já esteve lá e curtiu uma noite nas instalações da casa, mas conhece a história dela?

O Club Vibe foi inaugurado em 2001 por dois sócios: Dov Aizental e Gustavo Gosling. A idéia sempre foi ser um lugar de dimensões reduzidas e atmosfera intimista, para privilegiar a interação artista/público e acolher os membros da cena eletrônica na época, que ainda engatinhava e não tinha o poder de arrastar multidões que possui hoje. Ao longo dos seus primeiros 7 anos de vida, assistiu a música eletrônica invadir Curitiba, o que fez com que o público se tornasse muito maior e seletivo. Aos poucos, inúmeras outras casas e festas open air foram segmentando o público, mantendo dentro do Club Vibe apenas aqueles que realmente apreciam a proposta da casa – tanto conceitual como musical. Nesta época, a casa recebeu grandes nomes da cena mundial, como Layo & Bushwacka, Hernán Cattaneo e D-Nox & Beckers.

Em 2008, fechou suas portas para passar por uma revolução interna. Com o ingresso de Jejê e Dudu Marcondes na sociedade, toda a experiência dos donos da T2 Eventos (produtora da Tribaltech, além das edições paranaenses da XXXperience, Tribe, Kaballah e Orbital) passou a contruibuir com a casa. Por dois anos, a casa esteve fechada e foi totalmente reformada: além de novas estruturas, o teto foi revestido por um imenso painel composto por cubos de LED. Este item é operado de forma a interagir com o som tocado pelo DJ, proporcionando uma experiência única a quem está na casa. É surpreendente ver a simplicidade do projeto, pois não há lasers, movings ou qualquer outro tipo de iluminação, mas o painel faz com que eles sejam desnecessários.

Depois de todas essas mudanças, a casa reabriu em 2010 deixando claro mais um ponto fruto da nova administração: a programação artística. Mais alinhada à cena techno e house contemporânea, garantiu diversas noites inesquecíveis nesse 1 ano e meio de história recente após a reabertura, como por exemplo as apresentações de Anthony Rother, Trentemoller, Marc Romboy e Oliver Huntemann. Hoje é vista como uma das principais fomentadoras da cena eletrônica na cidade e no país, sempre preocupada em levar inovação e qualidade ao seu público.

E a festa? Pois é! No próximo dia 9 de dezembro o Club Vibe convida todos nós a irmos ao Expotrade celebrar estes 10 anos de história. Além dos deuses da e-music The Prodigy, a noite conta também com Nôze, Gustavo Bravetti, Rolldabeetz e Mario Deluca. Os ingressos estão à venda pelo Alô Ingressos e nós, com certeza, estaremos lá. E você, vai ficar de fora desta?

[products limit="8" orderby="rand" order="rand"]