Perfil: Paranormal Attack

Publicado em 15/04/2008 - Por

Paranormal Attack

É psicodelia portuguesa, com certeza. Criado em Lisboa (2002) pelos portugueses Rui Oliveira e Jaime Ventura (DJs com mais de 8 anos de formação musical), o Paranormal Attack se destaca entre os DJs europeus como um representante típico do full on, a vertente mais rápida e pesada do psytrance com um som que varia do Morning ao Groove (valeu o toque, Elijah).
Suas mixagens quase sempre com contam batidas bastante aceleradas e distorções de guitarra, viajando do metal ao trance. O principal diferencial do projeto são suas apresentações ao vivo, com guitarras, bateria, vocais e muita presença de palco. Lembrou alguém? Sim, os portugueses do Paranormal produzem um som nos moldes do full on israelense, tanto que hoje fazem parte do selo Chemical Crew.
Após anos participando de diversas compilações, a popularidade veio em definitivo com o laçamento de uma versão de Seek and Destroy, do Metallica. A partir daí começaram surgir convites para tocarem em todas as partes do mundo, tocando em grandes festivais ao lado de nomes como Skazi e Igor Cavalera (Sepultura).
Este ano, aqui no Brasil, o Paranormal ainda toca em Goiânia (19/04), Belém (16/05), Curitiba ( XXXPerience – 17/05) e São José do Rio Preto (18/05).

Discografia

Phenomenom

Phenomenon (2006)

Walking in the Sun

Walking in the Sun (2007)

Para Saber Mais

Receba nosso conteúdo
direto no seu email

Cadastre seu email e receba toda semana nossos conteúdos e promoções! É grátis!

0
    0
    Sua cesta
    Sua cesta está vaziaContinuar na loja